Caçapava Online Tv
Fale com o delegado
Carro

Esporte

Copa do Mundo – 1990

Públicado em: 11/04/2014 às 21:25:27  
O mundial de 1990 realizado na Itália não deixou boas lembranças para o futebol brasileiro. Comandando pelo técnico Sebastião Lazaroni, o Brasil entrou em campo no esquema 3-5-2, pouco utilizado na época.

Após vencer as três partidas na primeira fase com placares apertados (2x1 Suécia, 1x0 Costa Rica, 1x0 Escócia), os brasileiros acabaram sendo eliminados nas oitavas-de-final pela Argentina, 1x0, gol de Caniggia.

A Copa de 1990 foi marcada pelos empates e pelo baixo número de gols. A bola balançou as redes apenas 115 vezes em 52 partidas, média de 2,21, a pior de todas as Copas. Dona da casa, a Itália, do goleiro Zenga, passou 517 minutos sem sofrer gols, recorde mantido até os dias de hoje.

Dentro de campo, o título ficou com a Alemanha, que deu o troco na Argentina que quatro anos antes havia a vencido os alemães na decisão, e após dois vices campeonatos seguidos, conquistou o tricampeonato. Mesmo sem a taça, outras duas seleções foram às atrações da Copa: Colômbia e Camarões, que foram comandados por nomes como Higuita, Valderrama, Rincón e Roger Milla.


Curiosidades da Copa

. Maradona foi o jogador que mais sofreu faltas no torneio, 53. O segundo foi o inglês Gascointe, com 27.

. A Argentina foi o time mais violento da Copa, com 23 cartões amarelos e três vermelhos, tendo cometido 177 faltas.

. Este mundial teve jogos para diversos sistemas: para computadores foi lançado o Itália 90, lançado pela US Gold, que tinha a tabela completa do mundial, os uniformes das seleções, bem como seus principais jogadores. Para os video games caseiros, foi lançado o World Cup Itália 90, da Sega em parceria com a Virgin Mastertronic e a Olivetti, para o Master System e Mega Drive. A versão do Master System tinha 30 times, incluindo os 24 que se classificaram para as finais, mais seis que não se classificaram (França, México, Polônia, Dinamarca, China e Hungria). Já a versão do Mega Drive continha 24 seleções, que não eram as que se classificaram, e tinha o nome dos jogadores diferenciados.

. Ao fazer falta no alemão Thomas Berthold, o craque inglês Gascoigne recebeu o segundo cartão amarelo e teve uma crise de choro em campo, pois ficaria de fora da final caso a Inglaterra ganhasse.

. Essa foi a última Copa que teve a participação de três nações extintas: Tchecoslováquia, União Soviética e Alemanha Ocidental.

. Depois do jogo com a Argentina, o lateral Branco saiu dizendo que havia "pedido água" ao massagista da equipe adversária e, depois de beber, tinha ficado zonzo. Em 1993, o massagista argentino Miguel di Lorenzo confessou ao jornal El Clarín que, em sua maleta, havia dois tipos

de água: uma para os argentinos (normal) e outra para os brasileiros (“batizada”). As garrafas foram entregues pelo técnico Carlos Bilardo.


(Foto: Mascote)

Comentários

Nome:

Email ( não publicado ):

Comentáio: